Dia dos pais, 2015!

“Quando nos tornamos pai, nasce um herói dentro de nós”. Isso parece uma frase de pára- choque de caminhão ou uma filosofia de boteco.

(Também achava isso). Até perceber que meus reflexos aumentaram, que sou capaz de falar ao telefone enquanto troco uma fralda no capricho, ou a super missão de levar uma criança para um passeio em um local movimentado, ou sessões magicas, como sentir antes de algo acontecer (sim, isso é verdade).

Só então percebi, o real significado dessa frase.  Sempre admirei meus pais e os amei. Mas só depois que me tornei pai, é que passei a dar o real valor ao amor deles, só hoje percebo quantos sacrifícios eles fizeram por mim e por meus irmãos, e hoje sem dúvida os amo e sou realmente grato por tudo que eles fizeram por nós.

Meu pai, foi o melhor no tempo dele, trabalhava de domingo a domingo, para nos dar o melhor. Minha mãe era uma Pãe! Cuidava de nós como mãe e como pai, me lembro de uma vez que ela se jogou literalmente na frente de um carro desgovernado para me proteger (eu tinha uns 9 anos), graças a Deus nada de mais grave aconteceu.

Mas só hoje entendo o real sentido daquele dia, ela estava disposta a dar a vida dela por mim, sem nem pensar, a minha vida era mais importante pra ela do que a dela.

E hoje entendo, pois quando nossos filhos nascem, passamos a viver por eles e pra eles, isso não é algo que dá pra controlar ou racionalizar. E automático, incontrolável!

Hoje, nesse dia dos pais, estou feliz pelos meus filhos, mas queria dedicar o texto desse ano ao meu Pai e minha mãe, meus eternos heróis!!!

Obrigado, por serem o exemplo de vida que vocês são pra mim, espero ser para meus filhos apenas metade do que vocês representam pra mim.

Eu sou o Rafa, pai e filho!

LEAVE A COMMENT