Volta as aulas!

Eu me lembro do meu primeiro dia na primeira série, era meu primeiro ano numa escola pública (vinha de uma base toda particular), eu não conhecia ninguém na escola, sabia apenas escrever meu nome (mesmo tendo uma base em escolas privadas, sempre tive um problema com atenção), estava tenso, não sabia aonde era o banheiro, a escola era grande, não sabia onde sentar, não tinha o livro principal (naquela época era comprado e minha mãe não tinha achado).

Lembro de algumas situações daquele ano, mas me lembro claramente daquele primeiro dia. Deu tudo certo, hoje com 34 concluir meu segundo bacharel, mas aqui estou, com o coração batendo forte, sem conseguir dormir, pensando sobre os coleguinhas, a hora do lanche, o fato de não está totalmente alfabetizada. Sim estou falando do primeiro dia da Bia, ela vai para o segundo ano (que era o meu primeiro naquela época com 7 anos).

Ser Pai é mesmo sem querer, reviver todas essas angústias, viver todas essas emoções novamente, através de nossos filhos.

Com uma enorme diferença; Eu pouco posso fazer, a não ser torcer para que ela passe por tudo isso com a cabeça erguida e que no fim vai dá tudo certo.

E que quando ela for chamada de quatro olhos (ela usa óculos), que quando ela for esnobada ou quando ela não souber ou não estiver se desenvolvendo bem numa determinada matéria, ela saiba que mesmo eu sendo bem defeituoso de fábrica, mesmo eu tendo que trabalhar tanto, que sempre serei seu porto seguro.

Seja na segunda série, seja no primeiro ano da faculdade, eu sempre estarei na arquibancada torcendo por ela, pois só eu sei, o quanto ela é especial, só eu sei, que ela é a melhor!!! Mas logo, todos saberão!!!

Eu sou pai, sem unhas e sem sono e mega angustiado da Bia!!!

LEAVE A COMMENT